Diocese de Caçador

Nossa Senhora Rainha de Caçador

Paróquia Nossa Senhora Rainha

Por muito tempo, os padres Missionários de São Francisco de Sales, que eram responsáveis pelo Seminário da Congregação, fundado em 1953, em Caçador, vinham atendendo aos fiéis na Capela Nossa Senhora de Lourdes, nas dependências do Ginásio Aurora. A ideia de uma nova Paróquia vinha amadurecendo.

Foi nesse sentido que, no dia 25 de novembro de 1966, realizou-se uma reunião franqueada a todos os moradores do Bairro. Não se conhece autor de tal iniciativa, nem o número de pessoas presentes. Coube ao Irmão Pedro Sartori Zanella, diretor do Ginásio Aurora, presidir aquela reunião que visava à criação de uma nova paróquia. Dessa reunião resultou uma comissão. Nesse momento, o irmão diretor daquele educandário colocou a capela de sua instituição à disposição para as missas dominicais.

No dia 28 de dezembro de 1966, aconteceu uma nova reunião. Na abertura dos trabalhos, a comissão pró-paróquia recebeu total apoio do Pe. Bernardo Hugo, vigário da Paróquia São Francisco de Assis, para o projeto. No dia 31 de janeiro de 1967, os padres Bernardo e Teófilo, da paróquia São Francisco de Assis, foram até a cidade de Lages. Apresentaram o projeto da nova paróquia ao bispo Diocesano, Dom Daniel Hostin, que acatou a ideia com muita alegria.

Leia mais

Desde então, Pe. Teófilo, empolgado pelo apoio recebido do Sr. Bispo, visitou todas as comunidades desta futura organização da Igreja de Caçador. Comunicando-lhes a boa notícia. Todos os paroquianos acolheram esta decisão e se comprometeram a apoiar tudo àquilo que se fizesse necessário.

Em fevereiro de 1967, a futura paróquia já tinha independência administrativa, financeira e também no que dizia respeito aos encaminhamentos pastorais. Já era paróquia de fato. Faltava-lhe apenas o documento-decreto da autoridade diocesana para ser de direito. Este decreto de instalação legal data de 07 de fevereiro de 1969, exatamente dois anos depois de estar em funcionamento. A nova paróquia teve seu início com 14 comunidades. Assumiu, como vigário fundador, o Pe. Teófilo Glassey.

A primeira comissão e a construção da nova sede

No dia 12 de março de 1967 a nova comunidade paroquial foi convidada para uma reunião. Elegeram a sua primeira comissão administrativa, que tomou posse no dia 15 de março. Presidida por Pe. Teófilo, esta comissão animadora e corajosa, logo pôs em seu planejamento a feliz ideia de uma Igreja matriz. As promoções festivas com o objetivo de angariar fundos para tanto, foram se sucedendo, tanto na sede, como nas capelas.

Em 1970, exatamente 31 de maio, foi feito o lançamento da pedra fundamental da nova Igreja. Esta cerimônia aconteceu num certo ponto do assim chamado Jardim Nhozinho, entre as ruas São Francisco de Assis e Orestes Pereira Gomes, presidida pelo Pe. José Fagundes, que foi acolhido pelos sacerdotes da Paróquia São Francisco de Assis e do Seminário São Francisco de Sales. A primeira comissão administrativa estava lá juntamente com muitos paroquianos. Nessa cerimônia, concretizou-se a benção da pedra fundamental da segunda paróquia desta cidade de Caçador.

As comissões foram se sucedendo nesse trabalho de construção da nova Igreja. Contudo, nesse empreendimento, não podemos deixar de registrar a colaboração de muitos paroquianos. Muitos foram os que deixaram as marcas de seus pés e de suas mãos na famosa laje concretada em 1971. Os mutirões para ajudar os pedreiros e mestres de obra não faltaram. Alguns por causa de seus trabalhos vinham a noite. Foram várias noites em que a betoneira girou até às 23 horas. A esses bravos paroquianos a comunidade será para sempre grata.

Só conseguimos funcionar em sede própria, em 1972, graças à ajuda de tanta gente.

O Movimento Pastoral

É evidente que a nova paróquia sentiu logo a necessidade de dar força ao movimento pastoral. A primeira delas, e não poderia ser outra, foi a celebração litúrgica. Se uma comunidade de fé quer se organizar, a primeira coisa muito necessária é a celebração da Eucaristia. É pela celebração do Ministério da Eucaristia que seus fiéis encontram as forças necessárias para fazer a sua caminhada como comunidade.

A catequese para as crianças é outra exigência fundamental. Disse certa vez Dom Oneres Marchiori: “O cartão de visita de uma comunidade de fé leva em conta uma liturgia bem celebrada e uma catequese bem organizada”. Certamente, os inícios não foram fáceis para as pessoas que enfrentaram este desafio. Também não foi fácil para os catequistas que vieram posteriormente. Hoje também não é menos difícil, quando ainda contamos com um número insuficiente de catequistas, para um número tão elevado de crianças em fase de educação da fé. Contudo, há que se observar que a paróquia, através de seu Conselho Paroquial de Pastoral, não teve medo de investir em pessoal para coordenar este serviço tão importante.

Dentro de nossa caminhada pastoral, as coisas tendem sempre a amadurecer e a tomar rumo certo, à medida que a reflexão vai acontecendo e a formação de lideranças se torna um fato. Um serviço que veio trazer nova força para as nossas comunidades foi, sem dúvida, a implantação dos ministérios diversificados, como Ministério da Comunhão, do Batismo e da Esperança.

O Serviço Sacerdotal

O serviço sacerdotal foi assegurado, desde o início, pelos padres Missionários de São Francisco de Sales, obedecendo ao seguinte cronograma:

  • De 1967 a 1970, Pe. Teófilo Glassey. Em 1970 os padres José Fagundes e David Siqueira são os responsáveis pelo serviço religioso, enquanto o Pe. Teófilo está em sua terra natal, a Suíça, não voltando mais para Caçador.
  • De 1971 a 1972, o Pe. Henrique Nicolett torna-se vigário, ajudado por Pe. Sillos Sganzerla, que ao mesmo tempo, é responsável pela Pastoral da Juventude e Vocações a nível diocesano.
  • De 1973 a 1976, o trabalho de animação pastoral é coordenado pelos padres Agenor Coldebella e Gabriel Bourgeois. · Em 1976, Pe. Sillos Sganzerla assume como vigário e Pe. Gabriel é seu coadjutor.
  • Em 1981, Pe. Sillos deixa a responsabilidade de vigário para assumir os trabalhos de orientação vocacional no novo Seminário São Francisco de Sales. Quem assume em seu lugar é o Pe. José Chappuís que fica com esta responsabilidade até fevereiro de 1989.
  • Assume novamente Pe. Sillos Sganzerla, desta vez, acompanhado pelo Pe. Bruno Rodrigues, recém chegado da Índia. E que é transferido em 1991, sendo substituído pelo Pe. Agostinho Dietrich (falecido em 1996).
  • Em 1995, assume como pároco o Pe. Gilbert Bugnon, até 2002.
  • Em 2003, assume como pároco o Pe. Agnaldo Costa Junior, Contando com a ajuda do Pe. José Chappuís e também Pe. Lindsay Hendricks, que trabalha no Seminário São Francisco de Sales e ajuda nas visitas às comunidades há 16 anos.
  • Em 2010, o Pe. Francisco Dias é nomeado vigário paroquial, desde então, vem  auxiliando nos diversos serviços paroquiais e visitas as capelas.
  • Em 2012 com a transferência do pároco, assume a função de Pároco Pe. Francisco Dias, sendo auxiliado por Pe. Justin Francis.

Todas as comunidades
  1. SENHOR BOM JESUS – Bairro Bom Jesus
  2. NOSSA SENHORA APARECIDA – Linha São Luiz II
  3. NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO – Linha Serra Azul
  4. NOSSA SENHORA DE FÁTIMA – Linha Tamanduá
  5. NOSSA SENHORA DO CARAVÁGGIO – Km 30
  6. NOSSA SENHORA DO CARMO – Linha Garibaldi
  7. NOSSA SENHORA RAINHA – Sede
  8. NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO – Bairro dos Municípios
  9. SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS – Escola Jorge Lacerda
  10. SANTA JOANA D’ARC – Tombini
  11. SANTA TEREZINHA – Linha Laranjeira
  12. SANTO ANTONIO – Taquara Verde
  13. SÃO FRANCISCO DE SALES – Antigo Seminário
  14. SÃO FRANCISCO DE SALES – Linha São Francisco
  15. SÃO JOSÉ – Linha Rio Tigre
  16. SÃO JOSÉ – Km 33
  17. SÃO JOSÉ OPERÁRIO – Bairro Sorgatto
  18. SÃO JOSÉ, ESPOSO DE MARIA – Bairro Figueroa
  19. SÃO JUDAS TADEU – Km 17
  20. SÃO PASCOAL – Linha Cará
  21. SÃO PEDRO – Linha São Pedro
  22. SÃO PIO X – Km 36
  23. SÃO SEBASTIÃO – Km 13

Pároco: Pe. João Maria dos Santos
– Pe. Bosco Fernandes
– Pe. Bruno Rodrigues

Endereço: Rua Orestes Pereira Gomes, 200 – Vila Paraíso
89.500-000 Caçador/SC
Contato Secretaria Paroquial:
Secretária: Neivair Salete Arigoni Furlin
Fone: (49) 3563-0904
E-mail: rainha@diocesedecacador.org.br 
Facebook: Paróquia Nossa Senhora Rainha
 
NOSSO PAPA
NOSSO BISPO
NOSSO PADROEIRO
Compartilhar
WebMail da Diocese
Visitantes
contador gratuito de visitas