Diocese de Caçador

Destaque

Multidão participa da 24ª Romaria da Terra e das Águas

setembro 11, 2017 by diocesedecacador in Destaque with 0 Comments

Romaria da Terra 2017Mais de 10 mil romeiros e romeiras de todas as dez dioceses do Regional Sul 4 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), participaram no último domingo, 10 de setembro, da 24ª edição da Romaria da Terra e das Águas do estado de Santa Catarina. O evento aconteceu as margens da BR 101, no CTG do Tio Preto, município de Pescaria Brava (SC) e teve como tema “Mata Atlântica, Nossa casa Comum” e lema “Visitas a terra e a regas, enchendo-a com tuas riquezas” (Sl 65,10ª).

Diante dos apelos do Papa Francisco para um olhar cuidadoso com a Criação e os objetivos da Campanha da Fraternidade 2017, a Romaria da Terra e das Águas foi um espaço de grande comunhão. Dentro das propostas desta edição da Romaria, o cuidado com a Casa Comum e o comprometimento dos participantes no zelo pelo bioma Mata Atlântica foram enfatizados ganhando destaque nos momentos de oração, reflexão, discursos e apresentações culturais. A programação começou a partir das seis da manhã com a acolhida, conduzida pela Pastoral Juvenil, dos mais 150 ônibus de romeiros vindos de todo o estado.

Para o presidente do Regional Sul 4 da CNBB e bispo da diocese de Tubarão, dom João Francisco Salm, a Romaria foi um momento de graça para todo o território catarinense. Segundo o bispo, ver a multidão de romeiros e romeiras participantes do evento é a certeza de que Deus tudo criou e que o povo tem consciência que é de todos a responsabilidade do cuidado com a Criação. “Tudo que foi criado faz parte do plano do amor de Deus para conosco. Na medida em que vamos constatando que o meio ambiente está sendo degradado por causa de um modo errado de agirmos e usufruirmos daquilo que Ele nos deu, chega a hora de mudar as atitudes e conscientizar-nos de que somos os jardineiros deste grande jardim”, declarou.

Durante a Celebração Eucarística da Romaria, presidida por dom João Francisco Salm, foi reforçado a necessidade de conversão diante dos grandes desafios no cuidado da Casa Comum. Também estiveram presentes na celebração e durante toda a programação da Romaria, dom Nelson Westrupp, administrador apostólico da diocese Lages, dom Francisco Carlo Bach, bispo de Joinville, dom Rafael Biernaski, bispo de Blumenau, dom Onécimo Alberton, bispo de Rio do Sul, dom Severino Clasen, bispo de Caçador, dom Jacinto Inácio Flach, bispo de Criciúma, dom Wilson Tadeu Jönck, arcebispo de Florianópolis e o pastor luterano Inácio Lemke, do Sínodo Norte Catarinense.

Carta

Os participantes da 24ª Romaria da Terra e das Águas do estado de Santa Catarina, emitiram uma carta fruto de experiências vividas durante a preparação para o evento e ao mesmo tempo se comprometeram com ações concretas na defesa da Criação. Na carta, a partir de reflexões profundas a convite do Papa Francisco na encíclica Laudato Si e da temática trabalhada pela Campanha da Fraternidade 2017, os romeiros assumiram um compromisso maior no cuidado com a Casa Comum e com o Bioma Mata Atlântica, levando em conta o papel do povo e do poder político e econômico neste processo.

Através da carta, com o título ‘CARTA DA 24ª ROMARIA DA TERRA E DAS ÁGUAS”, cinco tarefas foram assumidas pelos romeiros e romeiras: formar pequenos bosques, promover um caminho educativo, assumir uma Espiritualidade Ecológica, assumir um novo modo de vida e agir politicamente. A carta, aprovada por todos, foi lida no final da Celebração Eucarística pelo secretário executivo do Regional Sul 4 da CNBB, padre Luciano dos Santos. Leia a carta na íntegra clicando aqui.

Caminhada

Romaria da Terra 2017
Um dos momentos mais marcantes da Romaria foi a grande caminhada de todos os participantes por cerca de três quilômetros. Durante a caminhada aconteceram três paradas com orações e meditações sobre a temática do evento. Na primeira parada os participantes foram convidados a refletir sobre a importância do reflorestamento, tendo como ato concreto a criação de um bosque com mudas nativas do bioma Mata Atlântica presente no estado de Santa Catarina que ficará como um legado da Romaria. A segunda parada foi marcada pela benção de sementes que foram distribuídas para todos os romeiros e romeiras. Na última parada, aconteceu a tradicional plantação de uma cruz de Cedro, ato que acontece desde a primeira edição da Romaria.

Agradecimentos

Após a caminhada, finalizando as atividades da 24ª Romaria da Terra e das Águas, padre Lino Brunel, coordenador de pastoral da diocese de Tubarão, que acolheu e organizou o evento, agradeceu a presença de todos os participantes e de forma especial ao senhor Tio Preto, dono do CTG onde foi realizado a Romaria e a todas as equipes de trabalhos, que desde março de 2016 se articularam na preparação deste grande momento. Padre Lino disse ainda que o sucesso do evento se deve ao comprometimento de muitos voluntários e voluntárias que assumiram com responsabilidade este compromisso com a Igreja do estado de Santa Catarina.

Com a palavra final, dom Joao Francisco Salm abençoou e enviou os participantes para a grande missão de cuidar da Casa Comum e a responsabilidade para com o próximo. Confira mais fotos e os melhores momentos da Romaria na página oficial do Regional Sul 4 da CNBB no facebook.

Compartilhar:

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


*

NOSSO PAPA
NOSSO BISPO
NOSSO PADROEIRO
Compartilhar
WebMail da Diocese
Visitantes
contador gratuito de visitas