• Set Logo Section Menu from Admin > Appearance > Menus > "Manage Locations" Tab > Logo Section Navigation
Home Mensagem do bispo para o mês de fevereiro

Mensagem do bispo para o mês de fevereiro

Mensagem do bispo para o mês de fevereiro

“Buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça e todas estas coisas vos serão dadas em acréscimo” (Mt 6,33).

Iniciamos mais um Novo Ano na expectativa de crescermos na vida espiritual, fortalecendo nossas relações humanas, nos comprometendo na construção da justiça e da paz, sinais do Reino antecipado para todas as pessoas de boa vontade.

O ano de 2018 será marcado pelo Ano Nacional do Laicato e o Ano Jubilar da criação da Diocese de Caçador. Tempo propício para retomar o compromisso batismal, fortalecendo a sensibilidade religiosa do nosso povo, e recuperar a fé e a esperança que tem vacilado em muita gente, que colocaram os prazeres mundanos acima da responsabilidade e da justiça divina. Muitos justiceiros estão à porta tomados de raiva e de ódio, desejam fazer a justiça com as próprias mãos desrespeitando a lei, a constituição, a dignidade humana e, sobretudo, a soberania de uma nação cristã. Os chavões que desvirtuam o sentido do “Estado Laico”, tem trazido muita confusão e incompreensão na mentalidade de cidadãos da nossa querida pátria. Muitos cristãos desorientados defendem a cruel prática pagã e ateia, ignorando a fé do povo, confundindo estado laico com laicismo, eis a prática pagã desrespeitando os valores religiosos da população nacional. O Estado não pode impor normas religiosas sobre o povo que tem fé, que tem religião. É o que está ocorrendo na nossa querida e amada Pátria.

Estamos iniciando um novo ano com o compromisso de ser sal da terra e luz do mundo (Mt 5, 13-14), lema do Ano Nacional do Laicato. Significa, que todos sabemos que o Estado é laico, deve proteger e cuidar dos cidadãos que, em torno de 90% é religioso por isso, não pode ignorar, bloquear e impedir as práticas religiosas; que por sua vez apresentam valores que mantem a unidade, o respeito, a sensibilidade humana e o patrimônio espiritual do nosso povo. Estes valores podem impedir a prática da corrupção, da violência, do ódio e dos golpes contra a ordem estabelecida. Não podemos permitir que pouquíssimos tenham os privilégios e se julguem acima da lei, donos da verdade e manipuladores da ética e da justiça.

Celebrando o ano da criação da Diocese, queremos enaltecer a fé, as tradições, o verdadeiro culto a Deus, promover atitudes coerentes, como verdadeiros adoradores da misericórdia do Pai, assumindo as pastorais, a espiritualidade da aproximação e da fé encarnada no Cristo que nos convida e nos convoca para sermos humanos, fraternos, acolhedores e amantes da verdade e da justiça.

Não podemos ignorar os caminhos que constroem a solidariedade e a paz, são os que exigme de cada cidadão, de cada diocesano, uma postura comprometedora, capaz de superar os ranços que mantem a vingança e o ódio, defendendo interesses pessoais, quebrando os valores que norteiam a construção de um mundo melhor e mais humano, onde os pobres tem direitos e os ricos têm deveres. Existem pobres porque há injustiça social, há ricos porque já usufruem de privilégios. Pois todos trabalham e todos merecem o alimento, a casa, a vestimenta, a saúde e a educação. É inadmissível que as políticas públicas, como vem acontecendo aos horrores, privilegiam escandalosamente alguns e tiram dos pobres o direito à educação, à saúde e à segurança, para não falar de moradia, salário e outras necessidades básicas para o bem viver. Há multidões que trabalham, produzem a riqueza e são explorados enquanto a soma da riqueza permanece para tão poucos nesse imenso país cristão.

Que o processo da Iniciação à Vida Cristã ajude a fomentar uma nova mentalidade de fé e de compromisso eclesial, para que os valores cristãos sejam fonte de salvação da nação, fazendo que todas as pessoas batizadas sejam fermento na massa para que a justiça cresça e uma nova sociedade surja do trabalho, da união, da experiência de vida honesta de todos os fiéis.

Que o Espírito Santo ilumine os líderes da Igreja e da Sociedade, para juntos construirmos o Reino da paz e da justiça.

Dom Frei Severino Clasen, ofm
Bispo Diocesano de Caçador

Author: diocesedecacador